- Retrospectiva - Posts sobre mim

Dezembro 2010 Ballet
Janeiro 2011 Plágio, para que?
Fevereiro 2011 Partner estudante
Março 2011 Um sonho bobo
Maio 2011 Festa!!
Junho 2011 Sissone
Julho 2011 Estudando em casa
Agosto 2011 - Tempo de férias do blog.
Setembro 2011 - Outro ponto de vista
Outubro 2011 Primeira aula de ponta
Dezembro 2011 O bosque encantado

- Top 10 melhores postagens.

10° Lugar - Ensaios demorados
4° Lugar - Perna em X
2° Lugar - O que eu acho?!
1° Lugar - A dor!

- 1 ano!

Antes de mais nada quero desejar um Feliz Natal atrasado!!
E como alguns aqui já sabem, hoje, dia 26, o blog completa 1 ano de existência.
Não sabia o que fazer, mas, como é o meu primeiro ano, vou fazer uma série de postagens especiais hoje.

- Beautiful

Gifs - retirados daqui
 Mathilde Froustey beautiful sissonne in Suite en Blanc - Pas de Cing
Myriam-Ould Braham in The Nutcracker
Choreography: Rudolf Nureyev
Gifs - retirados daqui

- Diferença entre Piqué, Elevé e Relevé

Estava navegando pela internet quando encontrei um ótimo blog. O Jornada de Uma Bailarina, e encontrei esse post, adorei! Fiquem com o texto.


Logo que aprendi o Piqué, eu passei a confundi-lo com o Elevé, e o Relevé eu nem tinha noção do que era. Então eu achei importante mostrar a diferença entre eles, é fácil, mas dá pra confundir um pouquinho de início.
Piqué é quando você pisa direto com o pé na meia-ponta ou ponta, ou seja, sem encostar o calcanhar antes no chão. Existem vários tipos de Piqué. Como assim?Usando os princípios pra fazê-lo, pode-se fazer um passé, um arabesque, um developpé com uma perna enquanto a de sustentação faz o Piqué.
Elevé é quando você está com o calcanhar todo no chão e simplismente leva-o para a meia-ponta ou ponta.
Relevé é a mesma coisa que o Elevé, a única diferença é que antes de subir para meia-ponta ou ponta, deve-se fazer uma plié. Esse é o melhor para se subir na ponta, pois você tem mais impulso através do plié.
Dica: Pra poder gravar cada um, pense da seguinte forma: o Elevé, como o nome já diz, significa elevar; o Relevé, tem o nome praticamente igual ao Elevé, só muda uma coisa (a letra R), da mesma forma que o Relevé é quase igual ao Elevé e a diferença é que tem um plié, ou seja, associe o R ao plié; E o Piqué é o que sobra.

- O bosque encantado

Dia 04 fiz uma apresentação de ballet e jazz, não usamos ponta, mas tivemos aulas de teatro, as coreografias eram mais brincadeira. Não fui eu que editei as fotos.
Sou a de azul claro com unhas vermelhas.
No começo do espetáculo, um velho com uma enorme barba contava a história, e nós éramos meninas que estavam no meio da floresta procurando uma luz. Até que encontramos muitos seres elementares...
Estou escondida nessa foto.
Inclusive esse este velho. Ele nos conta sobre o que está acontecendo com o bosque e nós fazemos várias perguntas a ele...
Eu sou a de azul.
Até que ele nos pede para sentar e nos mostra as fadinhas que moram neste estranho bosque. Ficamos admiradas e começamos a dançar ballet. Porém, ele nos interrompe e pergunta como é o nosso mundo, aí começamos a dançar a coreografia do jazz...
Eu novamente.
Até que começam a aparecer duendes, sereias, e outras coisas. Nos sentamos novamente e ficamos admiradas...
Eu.
E o espetáculo acaba com um "pas de deux" da minha professora e ele.

Ano que vem seremos fadas!










- Pas de Deux

Eu vi no blog Dos Passos da Bailarina um post onde a Cássia Pires contava sobre seus pas de deux favoritos.
E isso me fez postar o meu também. Fiquem com o vídeo maravilhoso!!

- Apresentação !!

Desculpem não estar postando, eu estou ensaiando muuito para a apresentação depois de amanhã, com aulas de teatro, ballet e jazz... Também estou ajudando a divulgar cartazes e vender convites. Abaixo vejam o cartaz que eu estou ajudando a divulgar:

- Como a dança muda nossa vida?

... ela a deixa mais feliz..!
Tá, desculpem pela foto tremida, eu estava tirando a foto e na ponta ao mesmo tempo, tudo em cambé, quase é que eu caí


- Minha variação preferida?

Minha variação preferida é a Variação de Swanilda 3° Ato - Casamento. Pois, de acordo com o O Blog do Ballet, "Para fazê-la a bailarina deve manter uma postura confiante, sorridente.", e eu me encaixo perfeitamente nisso, além de adorar o ballet Coppélia, vejam abaixo a variação que eu gosto:

- A troca de roupa do blog

Troquei o tema do blog, como faço a cada 6 meses mais ou menos, espero que tenham gostado...

- O sofrimento de quem dança

Essa foto e esse poema foram inteiramente retirados do site Blog do Ballet


...Por fora ,
a leveza do movimento ,
a suavidade do passo ,
a tranquilidade do sorriso...

...Por dentro ,
o peso da cobrança ,
persistência ,
o nervosismo ,
a dor...

As luzes se apagam ,
o encanto e a magia se acabam ,
como em um passe de mágica...

A última gota do suor é seca ,
o coque e a maquiagem desfeitos ,
ela não é mais intocável...

Mas ainda é bailarina ,
seu corpo de menina
é cruelmente castigado ,
dedos e unhas estilhaçados ,
em um corpo apático e entorpecido...

Vai bailarina ,
descansa ,
pois o mundo precisa
da magia da tua dança...

- Outros dons!

Eu faço, além de tudo, curso de Pintura em telas, criei uma tela com um fundo amarelo (que é minha marca registrada, já que em todas as minhas telas tem isso) e com sapatilhas e polainas rosas, o nome é Piruetas.


- E quando não é o que queremos.

Eu não fui, mas duas meninas da minha classe de Ballet foram á Audição da escola Bolshoi e saíram na primeira etapa, fiquei com medo de quando eu for acontecer a mesma coisa, mas eu sei que, se eu for agora, eu não passo, vou esperar bastante tempo ainda. Olha as etapas para passar:

Saiba as qualidades que uma bailarina do Bolshoi precisa ter:


Jurados da audição do Bolshoi, durante o 26º Festival de Dança de Joinville, eram todos russos


Uma bailarina do Bolshoi precisa passar por uma bateria de testes para ser a escolhida, com critérios bem rigorosos.
"Estamos preparando-os para o futuro, pois quando fazem uma audição para uma companhia profissional é assim", diz Sylvana Albuquerque, coordenadora da audição.
Ela explica que as alunas fazem uma aula de balé clássico, com barra (ferro ou madeira colocada horizontalmente na parede, onde se apóiam) e centro, além do uso das sapatilhas de pontas. Se necessário, fazem uma variação de repertório (pequena coreografia de grandes balés). Há ainda a avaliação física e a entrevista.


Na barra observa-se o nível técnico do candidato. Nos primeiros exercícios, eliminam-se aqueles que visualmente já mostram que não estão dentro dos padrões estéticos do balé: entre eles, a magreza e a postura ereta.

"Queremos ver se o movimento executado foi limpo e como se comporta este corpo dentro do movimento", diz Sylvana.

Na fase de exercícios no centro, com sapatilha de ponta, avalia-se a formação do arco do pé e a força. Nos giros, observa-se a rotação das pernas.

Na avaliação física há parâmetros específicos para o balé clássico e outros para a técnica da escola russa. Observam-se, entre outras coisas, a musculatura do candidato, as articulações (se há lesões ou desvios posturais), o percentual de gordura e os potenciais (se a abertura do quadril é favorável à dança clássica e se é flexível).

Isabela Loepert, de 16 anos, do Recife, fez a seleção e ficou entre os cinco finalistas (o resultado sai dia 28). "Minha mãe sempre quis que eu tentasse. Aproveitei que estava aqui e me inscrevi", disse. Ela disse que, se não for escolhida, tenta de novo na próxima oportunidade. A menina estuda balé há 8 anos,.

Os jurados da audição do Bolshoi, durante o 26º Festival de Dança de Joinville, eram todos russos. Foi a primeira vez que a banca foi inteiramente do país de origem do Bolshoi. Os estudantes foram avaliados por Nina Speranskaya, ensaiadora responsável pela montagem de "Don Quixote" (apresentada dia 20 no festival) e pelos professores Dmitry Afanasiev e Galina Kravchenko.

Bailarinas participam de audição no Festival de Dança de Joinville, em Santa Catarina


fonte:
CRISTINA BALDI Enviada especial da Folha Online a Joinville (SC)


Audições

Anualmente a Escola realiza uma audição para Curso de Educação Profissional Técnico em Dança Clássica, na cidade de Joinville, com possibilidade de ingresso de crianças que não tem conhecimento em dança e para candidatos com pré-seleção por vídeo, com conhecimento em dança.

A audição é dividida em duas etapas eliminatórias:
Na primeira é feita uma avaliação médico-fisioterápica. São analisadas musculatura, articulações, desvios posturais, habilidades físicas, motoras, sinais vitais (freqüência cardíaca respiratória), percentual de massa corpórea e somatotipo.
Além de habilidades específicas para o balé clássico, como abertura de quadril (rotação externa) e flexibilidade.

A avaliação seguinte é artístico-musical e cognitiva.
Nela, profissionais da dança - reconhecidos no Brasil e no exterior - além de músicos e professores, avaliam as habilidades técnicas e artísticas do candidato: musicalidade, força, estrutura física, projeção cênica e o desempenho intelectual.

Para os candidatos com conhecimento prévio em dança é realizada uma aula de balé clássico. São avaliados o nível técnico, equilíbrio, musicalidade, giros, saltos e elasticidade do candidato, além do uso das sapatilhas de ponta.

Para a Cia. Jovem da Escola do Teatro Bolshoi no Brasil também são realizadas audições. Os candidatos necessitam ter conhecimentos em dança clássica e contemporânea e atender a todas as necessidades da instituição.

Candidatos a vaga:

Normalmente são de 300 a  400 bailarinos do Brasil inteiro que prestam a audição para tentar uma vaga na escola, seja bolsista ou pagante. E cada ano o número de candidatos aumenta mais.
Geralmente são recrutados 6 para dança clássica e 5 para contemporâneo.
Este número de aprovados pode variar conforme a disponibilidade de vagas nas turmas e do nível apresentado em relação à idade.



- Fim de ano chegando...

Com o fim de ano chegando, logo logo vai ser o aniversário do blog, estou pensando em o que fazer...

- Aulas de teatro

Com o espetáculo de fim de ano, vem ensaios, a nossa coreografia vai ser curta (Ballet e Jazz), mas ficamos em cena o tempo inteiro, 1 hora e 30 minutos em cena, temos falas e conversamos com o público, por isso, estamos tendo aulinhas de teatro para melhorar nossa voz e tal... Estou gostando!!

- Primeira aula de ponta...

"Ahh... Como foi boa, nem me lembro direito porque faz tempo, mas foi duro, tinha comprado ela dois dias antes, fiz a barra inteiriinha com a ponta, pois o professor exige muito da gente, foi uma hora na barra... Amoleci a Estudante da Capézio na primeira vez que subi, inclusive a meia-ponta, gostei daquele dia... Eu e mais uma menina tínhamos começado e mais duas já estavam a mais tempo, foi boom..."

Aqui uma foto minha com minha ponta nova, que uso atualmente!!

- Mais Ballet nas ruas...

Fotos - Fottus
ballet
ballet
ballet
ballet
ballet
ballet
ballet

- Sabe aquela vontade...

Foto - Fottus
...de começar a dançar no meio da rua, em filas, quando está esperando algo? Eu sempre sinto isso!!

- Novidades!!

Sabe, gente, por enquanto está tudo normal... Ah! E finalmente uma fotinha minha pra vocês verem:
A foto está pequena e embaçada porque é de um celular ruim, mas eu gostei...
Aqui está uma maior, que tive que cortar:
Espero que tenham gostado, essas sapatilhas estavam novas na foto, e não estavam muito amolecidas, agora estão melhores de calçar (sem contar que eu estava de pijama e quase na hora de dormir)

- Por enquanto, planejando assuntos!!

Muitas coisas para fazer!!

- Outro ponto de vista

Aconteceu com uma menina nova do meu Ballet, o professor falou para ela "Você vai começar na ponta ano que vem." Ela ficou triste e disse para mim, ""Não quero começar na ponta!!" eu, achando estranho, perguntei por que, ela respondeu "Eu amo a dança, tudo aqui para mim está sendo ótimo, mas se eu começar na ponta, esse encanto acaba, vamos ter aulas mais severas, eu não quero isso, eu quero ser livre para decidir, a dança não se trata de pontas, não quero me destruir por causa disso." Nem preciso dizer que fiquei calada!!

- O que eu acho?!


Eu não me acho uma bailarina ruim, mesmo tendo erros, sei que sou boa, sei que errar é humano. Mas existem bailarinas que não compreendem isso, chegam até a parar de fazer o que gostam por causa de seu erro, não acho isso "saudável", pelo contrário, pode trazer sérios riscos a sua saúde.
O fato de eu não me achar uma pessoa "Nossa! que magra" não significa que eu tenha que parar de dançar, nem que eu tenha que comer uma bolacha por dia, isso está errado! Uma bailarina tem que se mantar saudável para ficar maravilhosa no palco.
Não podemos deixar qualquer coisinha nos atrapalhar, temos que dançar com o corpo e com o coração!!

DANCE PARA VOCÊ, NÃO PARA OS OUTROS!!!

- Tranqueiras que nós, bailarinas, precisamos ter.


Todos pensam que é só a nossa roupa e as nossas sapatilhas que levamos na bolsa... Não é bem assim não!!! Precisamos levar vários outros itens de extrema ajuda!!


  • Isqueiro - Aquela fita da sua sapatilha desfiou? A sua roupa está soltando fiapos? Sem problemas, use o isqueiro, ele é muito importante.
  • Base de unha - Não tem confiança em usar o isqueiro, pode usar a base de unha, além de não ter perigo algum, tem o mesmo efeito.
  • Linha e agulha - Além de usar para dar mais firmeza na hora de colocar as sapatilhas, se algo descosturou, temos como arrumar.
  • Grampos de cabelo - Se aquele fiozinho chato soltou do seu penteado, pode utilizar os "grampos-reserva."
  • Spray para cabelo - Ótimo para prender os fios que soltam, é essencial para a segurança dos fios bem presos.
  • Hidratante para os pés - Sempre use antes e depois de colocar a sapatilha, os pés precisam sempre estar hidratados.
  • Talco para os pés - Como o hidratante, é muito importante usar o talco para proteger os pés dos maus odores e da transpiração.
  • Fita para os dedos - É ótima para amarrar os dedos em casos de bolhas e outras coisas que podem acontecer.
  • Maquiagem - É sempre bom usar quando a sapatilha ou algo suja.
  • Lápis e papel - Quando o professor passa algo importante, é bom sempre anotar.

- Protegendo os pés.


Aqui vão algumas dicas de como proteger bem os pés para usar as sapatilhas de ponta.

  • Faça uma boa massagem antes: Em primeiro lugar, faça movimentos circulares por todo o pé, estale todos os dedos e estimule os pés, os mexendo e os movimentando de formas variadas, estique-os e depois flexione-os várias vezes do modo que achar melhor, até conseguir o resultado desejado.
  • Passe um bom hidratante: Pegue o frasco do hidratante e coloque em sua mão, procure não exagerar, passe somente o suficiente, passe muito bem em toda a extensão do pé, e espere secar um pouco.
  • Passe um pouco de talco: Depois de passar o hidratante e deixá-lo secar, é a hora de passar o talco, passe um pouco na sapatilha e um pouco nos seus pés, só o suficiente e nunca exagere.
  • Coloque fita adesiva entre seus dedos: Pegue fita adesiva(aquelas de colar cartazes na parede) e enrole um pequeno pedaço entre cada um dos dedos de seu pé, além de cobrir as bolhas, protege mais os dedos e deixa a bailarina mais confortável.
  • Faça um bom alongamento: Alongue seus pés, force a meia-ponta e a ponta, faça alguns relevés e treine um pouco antes de colocar as sapatilhas.

  • Quando colocar a sapatilha: Veja se a sapatilha foi colocada corretamente, se as fitas foram amarradas de maneira correta e fique na meia-ponta durante quatro segundos e na ponta durante seis, para a sapatilha já estar "aquecida".
  • Aqueça muito bem: Faça vários relevés e elevés lentos, passando muito bem pela meia-ponta, treine os passos que você mais realiza e treine sua postura na ponta e seu equilíbrio.
  • Treinando pliés: Faça vários pliés e grand-pliés para treinar a força da sapatilha, treine em todas as posições e em várias posições para treinar mais.
  • Um pouco antes da aula: Faça um pré-aquecimento, treinando muito bem a força dos pés, tente alongar o peito-de-pé o máximo que pode e não se esqueça de alongar bem as pernas.
  • Quando começar a aula: Procure relaxar e, se sentir dores, faça o exercício com mais calma para que tudo se saia muito bem.

  • Quando tirar a sapatilha: Retire a ponteira dela e guarde-a em um saco apropriado, quando chegar em casa coloque-a no Sol ou em um lugar quente durante, no máximo, 15 minutos, assim como a ponteira, coloque um pouco de talco em cada uma delas e deixe em um local ventilado até a próxima aula.
  • Para os seus pés: Prepare uma bacia de água morna com sal grosso e óleos essenciais e deixe seus pés lá relaxados por, no máximo, 20 minutos, estimule bem os pés.
  • Passe novamente um pouco de hidratante: Passe em uma quantidade menor do que a que você tinha passado anteriormente e, novamente, deixe secar.
  • Relaxe os pés: Agora relaxe-os e deixe-os relaxar um pouco, coloque algumas meias com um pouco de talco e deixe-os lá.
  • Alongue-os: Depois de relaxar bem os pés, alongue-os, mas, sem exageros, só para deixá-los alongados.
Aqui estão as dicas de como cuidar e proteger seus pés!! Tudo fica ao seu gosto!!

- Mais Cuidados com as Sapatilhas

No ano passado, publiquei algumas dicas de como cuidar das sapatilhas nesse post, aqui, irei reforçar ainda mais esses cuidados, irei repassar as dicas que já passei, com mais alguns detalhes e fotos:

- Não jogá-las na bolsa ou em qualquer lugar, procure colocar em sacolas de pano, pois conservam mais.
Dica: Sacos plásticos não retêm a umidade da sapatilha, por isso, aposte nas sacolas ou saquinhos de pano.

Foto - Kasuar

Não deixá-las com as ponteiras, retire-as e depois procure colocar um talco.
Dica: Nunca coloque muito talco nas sapatilhas, elas ficam mais grossas, além disso, utilize um talco especial para pés, recomento o Granado. Ele tem várias opções de cheiro e é muito bom.
Fotos - Farmaviver

- Após utilzá-las, deixá-las no Sol, para tirar a úmidade.
Dica: Não deixe as sapatilhas demais no Sol, além de deixa-las com um cheiro desagradável, pode danificar o tecido e isso te prejudicará, na hora de realizar algum passo, recomento deixar de 10 a 15 minutos.
sapatilha_varal

- Alternar os pés da sapatilha, a não ser que você tenha os pés muito diferentes.
Dica: Se seus pés forem muito diferentes, compre mais um par de mesmo modelo e vá alternando os pés.


- Procure ter mais de um par de sapatilhas, para trocá-las de vez em quando, deixando um par descansar enquanto usa o outro.
Dica: Procure comprar um novo par de mesma marca das suas sapatilhas, pois você já tem costume com esse modelo e assim fica melhor trabalhar com elas.
Foto - Daqui mesmo

- Para lavá-las, utilize um pano molhado com água e detergente, e passe por toda a sapatilha, depois limpe com um pano molhado com álcool, limpe com muito cuidado. 
Dica: Não esfregue com muita força e utilize panos finos, quando for passar o álcool, misture com um pouco de água para não ficar muito forte, aconselho a usar sempre o detergente que não tem nenhuma cor (transparente) esse é o que limpa melhor as sapatilhas.
 
Foto - Química da Limpeza                                        Foto - Pão de Açúcar

- Para disfarçar manchas, utilize um pó ou uma base (aquelas que se passa no rosto) de uma cor semelhante á da sapatilha, e passe uma camada bem pequena, somente para disfarçar as imperfeições.
Dica: Sempre use uma base líquida ou cremosa, e passe uma pequena camada, bem pequena, só para disfarçar aquelas imperfeições bem feias.

- Raspe com um ralador ou uma ponta de uma tesoura a sola da sapatilha e a sua plataforma (a parte do box que te permite ficar na ponta) para evitar escorregões.
Dica: Só raspe o necessário, raspe um pouco e veja se está bom, se não estiver, raspe mais um pouco, e assim vai, é lógico que não tem como sair perfeito, mas isso ajuda, aconselho a usar a ponta de tesoura.
           
           Foto - O Blog do Ballet                                          Foto - Quilling Brasil

Passar talco também nas ponteiras, para tirar sua úmidade.
Dica: Após passar talco nas ponteiras, deixe-as descansar um pouco e somente depois use-as.
Foto - Que Barato

- Estudando em casa?!

Antes de mais nada, uma pequena divulgação do meu twitter, quem puder, por favor, sigam-me. @carolLemeP

Algumas pessoas tem dúvida de como estudar em casa, em primeiro lugar, vocês precisam de alguma barra ou apoio, mas nada de ficar pegando qualquer móvel aí não... escolha um que, quando você apoia o braço, ele não fique nem muito relaxado,  nem muito tenso, na medida certa, sempre o coloque na frente de seu corpo. Depois escolha alguma música para dançar, sugiro o site Música de Ballet. Coloque roupas confortáveis e suas sapatilhas. Nunca vá executando os passos sem auxílio de um professor, sugiro a vocês verem vídeos no youtube, aqui estão algumas dicas:

- ESSE CANAL DO YOUTUBE É ÓTIMO:  

- ALGUNS VÍDEOS DESSE CANAL:




Espero que tenham gostado, e sempre treinem em casa!

- As pequenas bailarinas...!

Eu gosto de ver as pequenas bailarinas dançarem, elas não se preocupam com a perfeição do passo, com o equilíbrio, com a flexibilidade, elas se preocupam em dançar...!



E as maiores também!!

- Os Prós e Contras do Ballet Clássico


Saudades de postar aqui...! Agora eu voltei!!

Na minha opinião, o Ballet não pode ser uma ameaça a ninguém, todos podem dançar Ballet!! Apesar da grande rotação dos joelhos e dos pés (en dehors) poder prejudicar a saúde de alguém com ossos fracos, essa rotação também os fortalece. O Ballet Clássico deixa os músculos fortes, aumenta sua flexibilidade, resistência, em alguns casos a agilidade, não é a toa que falam que o Ballet Clássico é uma das danças mais difíceis que existem! Ele corrige a sua postura, te torna mais saudável, além de queimar calorias né? Só existe uma frase para expressar os prós e contras do Ballet Clássico:

O Ballet é TUDO de bom...!

- Desativada... Mas já volto...


Como já deu para perceber ando um pouco muito desativada, mas logo tudo irá voltar...

- Sissone...!

SISSONE : Passo em que as duas pernas saem do chão ao mesmo tempo, caindo sobre uma só, fechando a outra depois.
Fonte - Glossário

Adoro esse passo!... Eu sempre tento fazê-lo...


- Voltei! Meu PC voltou!


Saudades de postar, estava muito triste... Enfim meu PC voltou, a partir de amanhã voltarei com as postagens normalmente!

- Atraso nas postagens.

Foto - Dança


Me desculpem o atraso nas postagens, meu computador queimou e eu não consigo mais postar... Logo, logo voltamos ao normal...

- Ai! Que dor!


Sabe aquela dor nos que você sente quando não está acostumada a fazer algum exercício físico? Bem, já tive essa dor... Mas eu continuei dançando, continuei porque dançar é uma das coisas que me faz feliz!

- Plié, estica, meia-ponta, ponta...


Tem gente que cansa das sequências realizadas em aula... Eu não, eu decorei todas e, assim, é mais fácil para mim dançar... Se a sequência fosse variada, iria levar muito tempo para se desenvolver os passos todos certinhos... Isso sim cansa...

- Retrospectiva - Posts sobre mim

segunda-feira, 26 de dezembro de 2011
Dezembro 2010 Ballet
Janeiro 2011 Plágio, para que?
Fevereiro 2011 Partner estudante
Março 2011 Um sonho bobo
Maio 2011 Festa!!
Junho 2011 Sissone
Julho 2011 Estudando em casa
Agosto 2011 - Tempo de férias do blog.
Setembro 2011 - Outro ponto de vista
Outubro 2011 Primeira aula de ponta
Dezembro 2011 O bosque encantado

- Top 10 melhores postagens.

10° Lugar - Ensaios demorados
4° Lugar - Perna em X
2° Lugar - O que eu acho?!
1° Lugar - A dor!

- 1 ano!

Antes de mais nada quero desejar um Feliz Natal atrasado!!
E como alguns aqui já sabem, hoje, dia 26, o blog completa 1 ano de existência.
Não sabia o que fazer, mas, como é o meu primeiro ano, vou fazer uma série de postagens especiais hoje.

- Beautiful

sexta-feira, 16 de dezembro de 2011
Gifs - retirados daqui
 Mathilde Froustey beautiful sissonne in Suite en Blanc - Pas de Cing
Myriam-Ould Braham in The Nutcracker
Choreography: Rudolf Nureyev
Gifs - retirados daqui

- Diferença entre Piqué, Elevé e Relevé

Estava navegando pela internet quando encontrei um ótimo blog. O Jornada de Uma Bailarina, e encontrei esse post, adorei! Fiquem com o texto.


Logo que aprendi o Piqué, eu passei a confundi-lo com o Elevé, e o Relevé eu nem tinha noção do que era. Então eu achei importante mostrar a diferença entre eles, é fácil, mas dá pra confundir um pouquinho de início.
Piqué é quando você pisa direto com o pé na meia-ponta ou ponta, ou seja, sem encostar o calcanhar antes no chão. Existem vários tipos de Piqué. Como assim?Usando os princípios pra fazê-lo, pode-se fazer um passé, um arabesque, um developpé com uma perna enquanto a de sustentação faz o Piqué.
Elevé é quando você está com o calcanhar todo no chão e simplismente leva-o para a meia-ponta ou ponta.
Relevé é a mesma coisa que o Elevé, a única diferença é que antes de subir para meia-ponta ou ponta, deve-se fazer uma plié. Esse é o melhor para se subir na ponta, pois você tem mais impulso através do plié.
Dica: Pra poder gravar cada um, pense da seguinte forma: o Elevé, como o nome já diz, significa elevar; o Relevé, tem o nome praticamente igual ao Elevé, só muda uma coisa (a letra R), da mesma forma que o Relevé é quase igual ao Elevé e a diferença é que tem um plié, ou seja, associe o R ao plié; E o Piqué é o que sobra.

- O bosque encantado

quarta-feira, 14 de dezembro de 2011
Dia 04 fiz uma apresentação de ballet e jazz, não usamos ponta, mas tivemos aulas de teatro, as coreografias eram mais brincadeira. Não fui eu que editei as fotos.
Sou a de azul claro com unhas vermelhas.
No começo do espetáculo, um velho com uma enorme barba contava a história, e nós éramos meninas que estavam no meio da floresta procurando uma luz. Até que encontramos muitos seres elementares...
Estou escondida nessa foto.
Inclusive esse este velho. Ele nos conta sobre o que está acontecendo com o bosque e nós fazemos várias perguntas a ele...
Eu sou a de azul.
Até que ele nos pede para sentar e nos mostra as fadinhas que moram neste estranho bosque. Ficamos admiradas e começamos a dançar ballet. Porém, ele nos interrompe e pergunta como é o nosso mundo, aí começamos a dançar a coreografia do jazz...
Eu novamente.
Até que começam a aparecer duendes, sereias, e outras coisas. Nos sentamos novamente e ficamos admiradas...
Eu.
E o espetáculo acaba com um "pas de deux" da minha professora e ele.

Ano que vem seremos fadas!










- Pas de Deux

sábado, 10 de dezembro de 2011
Eu vi no blog Dos Passos da Bailarina um post onde a Cássia Pires contava sobre seus pas de deux favoritos.
E isso me fez postar o meu também. Fiquem com o vídeo maravilhoso!!

- Apresentação !!

sexta-feira, 2 de dezembro de 2011
Desculpem não estar postando, eu estou ensaiando muuito para a apresentação depois de amanhã, com aulas de teatro, ballet e jazz... Também estou ajudando a divulgar cartazes e vender convites. Abaixo vejam o cartaz que eu estou ajudando a divulgar:

- Como a dança muda nossa vida?

segunda-feira, 14 de novembro de 2011
... ela a deixa mais feliz..!
Tá, desculpem pela foto tremida, eu estava tirando a foto e na ponta ao mesmo tempo, tudo em cambé, quase é que eu caí


- Minha variação preferida?

sexta-feira, 11 de novembro de 2011
Minha variação preferida é a Variação de Swanilda 3° Ato - Casamento. Pois, de acordo com o O Blog do Ballet, "Para fazê-la a bailarina deve manter uma postura confiante, sorridente.", e eu me encaixo perfeitamente nisso, além de adorar o ballet Coppélia, vejam abaixo a variação que eu gosto:

- A troca de roupa do blog

sábado, 5 de novembro de 2011
Troquei o tema do blog, como faço a cada 6 meses mais ou menos, espero que tenham gostado...

- O sofrimento de quem dança

Essa foto e esse poema foram inteiramente retirados do site Blog do Ballet


...Por fora ,
a leveza do movimento ,
a suavidade do passo ,
a tranquilidade do sorriso...

...Por dentro ,
o peso da cobrança ,
persistência ,
o nervosismo ,
a dor...

As luzes se apagam ,
o encanto e a magia se acabam ,
como em um passe de mágica...

A última gota do suor é seca ,
o coque e a maquiagem desfeitos ,
ela não é mais intocável...

Mas ainda é bailarina ,
seu corpo de menina
é cruelmente castigado ,
dedos e unhas estilhaçados ,
em um corpo apático e entorpecido...

Vai bailarina ,
descansa ,
pois o mundo precisa
da magia da tua dança...

- Outros dons!

Eu faço, além de tudo, curso de Pintura em telas, criei uma tela com um fundo amarelo (que é minha marca registrada, já que em todas as minhas telas tem isso) e com sapatilhas e polainas rosas, o nome é Piruetas.


- E quando não é o que queremos.

quarta-feira, 26 de outubro de 2011
Eu não fui, mas duas meninas da minha classe de Ballet foram á Audição da escola Bolshoi e saíram na primeira etapa, fiquei com medo de quando eu for acontecer a mesma coisa, mas eu sei que, se eu for agora, eu não passo, vou esperar bastante tempo ainda. Olha as etapas para passar:

Saiba as qualidades que uma bailarina do Bolshoi precisa ter:


Jurados da audição do Bolshoi, durante o 26º Festival de Dança de Joinville, eram todos russos


Uma bailarina do Bolshoi precisa passar por uma bateria de testes para ser a escolhida, com critérios bem rigorosos.
"Estamos preparando-os para o futuro, pois quando fazem uma audição para uma companhia profissional é assim", diz Sylvana Albuquerque, coordenadora da audição.
Ela explica que as alunas fazem uma aula de balé clássico, com barra (ferro ou madeira colocada horizontalmente na parede, onde se apóiam) e centro, além do uso das sapatilhas de pontas. Se necessário, fazem uma variação de repertório (pequena coreografia de grandes balés). Há ainda a avaliação física e a entrevista.


Na barra observa-se o nível técnico do candidato. Nos primeiros exercícios, eliminam-se aqueles que visualmente já mostram que não estão dentro dos padrões estéticos do balé: entre eles, a magreza e a postura ereta.

"Queremos ver se o movimento executado foi limpo e como se comporta este corpo dentro do movimento", diz Sylvana.

Na fase de exercícios no centro, com sapatilha de ponta, avalia-se a formação do arco do pé e a força. Nos giros, observa-se a rotação das pernas.

Na avaliação física há parâmetros específicos para o balé clássico e outros para a técnica da escola russa. Observam-se, entre outras coisas, a musculatura do candidato, as articulações (se há lesões ou desvios posturais), o percentual de gordura e os potenciais (se a abertura do quadril é favorável à dança clássica e se é flexível).

Isabela Loepert, de 16 anos, do Recife, fez a seleção e ficou entre os cinco finalistas (o resultado sai dia 28). "Minha mãe sempre quis que eu tentasse. Aproveitei que estava aqui e me inscrevi", disse. Ela disse que, se não for escolhida, tenta de novo na próxima oportunidade. A menina estuda balé há 8 anos,.

Os jurados da audição do Bolshoi, durante o 26º Festival de Dança de Joinville, eram todos russos. Foi a primeira vez que a banca foi inteiramente do país de origem do Bolshoi. Os estudantes foram avaliados por Nina Speranskaya, ensaiadora responsável pela montagem de "Don Quixote" (apresentada dia 20 no festival) e pelos professores Dmitry Afanasiev e Galina Kravchenko.

Bailarinas participam de audição no Festival de Dança de Joinville, em Santa Catarina


fonte:
CRISTINA BALDI Enviada especial da Folha Online a Joinville (SC)


Audições

Anualmente a Escola realiza uma audição para Curso de Educação Profissional Técnico em Dança Clássica, na cidade de Joinville, com possibilidade de ingresso de crianças que não tem conhecimento em dança e para candidatos com pré-seleção por vídeo, com conhecimento em dança.

A audição é dividida em duas etapas eliminatórias:
Na primeira é feita uma avaliação médico-fisioterápica. São analisadas musculatura, articulações, desvios posturais, habilidades físicas, motoras, sinais vitais (freqüência cardíaca respiratória), percentual de massa corpórea e somatotipo.
Além de habilidades específicas para o balé clássico, como abertura de quadril (rotação externa) e flexibilidade.

A avaliação seguinte é artístico-musical e cognitiva.
Nela, profissionais da dança - reconhecidos no Brasil e no exterior - além de músicos e professores, avaliam as habilidades técnicas e artísticas do candidato: musicalidade, força, estrutura física, projeção cênica e o desempenho intelectual.

Para os candidatos com conhecimento prévio em dança é realizada uma aula de balé clássico. São avaliados o nível técnico, equilíbrio, musicalidade, giros, saltos e elasticidade do candidato, além do uso das sapatilhas de ponta.

Para a Cia. Jovem da Escola do Teatro Bolshoi no Brasil também são realizadas audições. Os candidatos necessitam ter conhecimentos em dança clássica e contemporânea e atender a todas as necessidades da instituição.

Candidatos a vaga:

Normalmente são de 300 a  400 bailarinos do Brasil inteiro que prestam a audição para tentar uma vaga na escola, seja bolsista ou pagante. E cada ano o número de candidatos aumenta mais.
Geralmente são recrutados 6 para dança clássica e 5 para contemporâneo.
Este número de aprovados pode variar conforme a disponibilidade de vagas nas turmas e do nível apresentado em relação à idade.



- Fim de ano chegando...

domingo, 23 de outubro de 2011
Com o fim de ano chegando, logo logo vai ser o aniversário do blog, estou pensando em o que fazer...

- Aulas de teatro

Com o espetáculo de fim de ano, vem ensaios, a nossa coreografia vai ser curta (Ballet e Jazz), mas ficamos em cena o tempo inteiro, 1 hora e 30 minutos em cena, temos falas e conversamos com o público, por isso, estamos tendo aulinhas de teatro para melhorar nossa voz e tal... Estou gostando!!

- Primeira aula de ponta...

"Ahh... Como foi boa, nem me lembro direito porque faz tempo, mas foi duro, tinha comprado ela dois dias antes, fiz a barra inteiriinha com a ponta, pois o professor exige muito da gente, foi uma hora na barra... Amoleci a Estudante da Capézio na primeira vez que subi, inclusive a meia-ponta, gostei daquele dia... Eu e mais uma menina tínhamos começado e mais duas já estavam a mais tempo, foi boom..."

Aqui uma foto minha com minha ponta nova, que uso atualmente!!

- Mais Ballet nas ruas...

Fotos - Fottus
ballet
ballet
ballet
ballet
ballet
ballet
ballet

- Sabe aquela vontade...

Foto - Fottus
...de começar a dançar no meio da rua, em filas, quando está esperando algo? Eu sempre sinto isso!!

- Novidades!!

sábado, 8 de outubro de 2011
Sabe, gente, por enquanto está tudo normal... Ah! E finalmente uma fotinha minha pra vocês verem:
A foto está pequena e embaçada porque é de um celular ruim, mas eu gostei...
Aqui está uma maior, que tive que cortar:
Espero que tenham gostado, essas sapatilhas estavam novas na foto, e não estavam muito amolecidas, agora estão melhores de calçar (sem contar que eu estava de pijama e quase na hora de dormir)

- Por enquanto, planejando assuntos!!

quarta-feira, 21 de setembro de 2011
Muitas coisas para fazer!!

- Outro ponto de vista

Aconteceu com uma menina nova do meu Ballet, o professor falou para ela "Você vai começar na ponta ano que vem." Ela ficou triste e disse para mim, ""Não quero começar na ponta!!" eu, achando estranho, perguntei por que, ela respondeu "Eu amo a dança, tudo aqui para mim está sendo ótimo, mas se eu começar na ponta, esse encanto acaba, vamos ter aulas mais severas, eu não quero isso, eu quero ser livre para decidir, a dança não se trata de pontas, não quero me destruir por causa disso." Nem preciso dizer que fiquei calada!!

- O que eu acho?!

domingo, 31 de julho de 2011

Eu não me acho uma bailarina ruim, mesmo tendo erros, sei que sou boa, sei que errar é humano. Mas existem bailarinas que não compreendem isso, chegam até a parar de fazer o que gostam por causa de seu erro, não acho isso "saudável", pelo contrário, pode trazer sérios riscos a sua saúde.
O fato de eu não me achar uma pessoa "Nossa! que magra" não significa que eu tenha que parar de dançar, nem que eu tenha que comer uma bolacha por dia, isso está errado! Uma bailarina tem que se mantar saudável para ficar maravilhosa no palco.
Não podemos deixar qualquer coisinha nos atrapalhar, temos que dançar com o corpo e com o coração!!

DANCE PARA VOCÊ, NÃO PARA OS OUTROS!!!

- Tranqueiras que nós, bailarinas, precisamos ter.

quinta-feira, 21 de julho de 2011

Todos pensam que é só a nossa roupa e as nossas sapatilhas que levamos na bolsa... Não é bem assim não!!! Precisamos levar vários outros itens de extrema ajuda!!


  • Isqueiro - Aquela fita da sua sapatilha desfiou? A sua roupa está soltando fiapos? Sem problemas, use o isqueiro, ele é muito importante.
  • Base de unha - Não tem confiança em usar o isqueiro, pode usar a base de unha, além de não ter perigo algum, tem o mesmo efeito.
  • Linha e agulha - Além de usar para dar mais firmeza na hora de colocar as sapatilhas, se algo descosturou, temos como arrumar.
  • Grampos de cabelo - Se aquele fiozinho chato soltou do seu penteado, pode utilizar os "grampos-reserva."
  • Spray para cabelo - Ótimo para prender os fios que soltam, é essencial para a segurança dos fios bem presos.
  • Hidratante para os pés - Sempre use antes e depois de colocar a sapatilha, os pés precisam sempre estar hidratados.
  • Talco para os pés - Como o hidratante, é muito importante usar o talco para proteger os pés dos maus odores e da transpiração.
  • Fita para os dedos - É ótima para amarrar os dedos em casos de bolhas e outras coisas que podem acontecer.
  • Maquiagem - É sempre bom usar quando a sapatilha ou algo suja.
  • Lápis e papel - Quando o professor passa algo importante, é bom sempre anotar.

- Protegendo os pés.

quarta-feira, 20 de julho de 2011

Aqui vão algumas dicas de como proteger bem os pés para usar as sapatilhas de ponta.

  • Faça uma boa massagem antes: Em primeiro lugar, faça movimentos circulares por todo o pé, estale todos os dedos e estimule os pés, os mexendo e os movimentando de formas variadas, estique-os e depois flexione-os várias vezes do modo que achar melhor, até conseguir o resultado desejado.
  • Passe um bom hidratante: Pegue o frasco do hidratante e coloque em sua mão, procure não exagerar, passe somente o suficiente, passe muito bem em toda a extensão do pé, e espere secar um pouco.
  • Passe um pouco de talco: Depois de passar o hidratante e deixá-lo secar, é a hora de passar o talco, passe um pouco na sapatilha e um pouco nos seus pés, só o suficiente e nunca exagere.
  • Coloque fita adesiva entre seus dedos: Pegue fita adesiva(aquelas de colar cartazes na parede) e enrole um pequeno pedaço entre cada um dos dedos de seu pé, além de cobrir as bolhas, protege mais os dedos e deixa a bailarina mais confortável.
  • Faça um bom alongamento: Alongue seus pés, force a meia-ponta e a ponta, faça alguns relevés e treine um pouco antes de colocar as sapatilhas.

  • Quando colocar a sapatilha: Veja se a sapatilha foi colocada corretamente, se as fitas foram amarradas de maneira correta e fique na meia-ponta durante quatro segundos e na ponta durante seis, para a sapatilha já estar "aquecida".
  • Aqueça muito bem: Faça vários relevés e elevés lentos, passando muito bem pela meia-ponta, treine os passos que você mais realiza e treine sua postura na ponta e seu equilíbrio.
  • Treinando pliés: Faça vários pliés e grand-pliés para treinar a força da sapatilha, treine em todas as posições e em várias posições para treinar mais.
  • Um pouco antes da aula: Faça um pré-aquecimento, treinando muito bem a força dos pés, tente alongar o peito-de-pé o máximo que pode e não se esqueça de alongar bem as pernas.
  • Quando começar a aula: Procure relaxar e, se sentir dores, faça o exercício com mais calma para que tudo se saia muito bem.

  • Quando tirar a sapatilha: Retire a ponteira dela e guarde-a em um saco apropriado, quando chegar em casa coloque-a no Sol ou em um lugar quente durante, no máximo, 15 minutos, assim como a ponteira, coloque um pouco de talco em cada uma delas e deixe em um local ventilado até a próxima aula.
  • Para os seus pés: Prepare uma bacia de água morna com sal grosso e óleos essenciais e deixe seus pés lá relaxados por, no máximo, 20 minutos, estimule bem os pés.
  • Passe novamente um pouco de hidratante: Passe em uma quantidade menor do que a que você tinha passado anteriormente e, novamente, deixe secar.
  • Relaxe os pés: Agora relaxe-os e deixe-os relaxar um pouco, coloque algumas meias com um pouco de talco e deixe-os lá.
  • Alongue-os: Depois de relaxar bem os pés, alongue-os, mas, sem exageros, só para deixá-los alongados.
Aqui estão as dicas de como cuidar e proteger seus pés!! Tudo fica ao seu gosto!!

- Mais Cuidados com as Sapatilhas

No ano passado, publiquei algumas dicas de como cuidar das sapatilhas nesse post, aqui, irei reforçar ainda mais esses cuidados, irei repassar as dicas que já passei, com mais alguns detalhes e fotos:

- Não jogá-las na bolsa ou em qualquer lugar, procure colocar em sacolas de pano, pois conservam mais.
Dica: Sacos plásticos não retêm a umidade da sapatilha, por isso, aposte nas sacolas ou saquinhos de pano.

Foto - Kasuar

Não deixá-las com as ponteiras, retire-as e depois procure colocar um talco.
Dica: Nunca coloque muito talco nas sapatilhas, elas ficam mais grossas, além disso, utilize um talco especial para pés, recomento o Granado. Ele tem várias opções de cheiro e é muito bom.
Fotos - Farmaviver

- Após utilzá-las, deixá-las no Sol, para tirar a úmidade.
Dica: Não deixe as sapatilhas demais no Sol, além de deixa-las com um cheiro desagradável, pode danificar o tecido e isso te prejudicará, na hora de realizar algum passo, recomento deixar de 10 a 15 minutos.
sapatilha_varal

- Alternar os pés da sapatilha, a não ser que você tenha os pés muito diferentes.
Dica: Se seus pés forem muito diferentes, compre mais um par de mesmo modelo e vá alternando os pés.


- Procure ter mais de um par de sapatilhas, para trocá-las de vez em quando, deixando um par descansar enquanto usa o outro.
Dica: Procure comprar um novo par de mesma marca das suas sapatilhas, pois você já tem costume com esse modelo e assim fica melhor trabalhar com elas.
Foto - Daqui mesmo

- Para lavá-las, utilize um pano molhado com água e detergente, e passe por toda a sapatilha, depois limpe com um pano molhado com álcool, limpe com muito cuidado. 
Dica: Não esfregue com muita força e utilize panos finos, quando for passar o álcool, misture com um pouco de água para não ficar muito forte, aconselho a usar sempre o detergente que não tem nenhuma cor (transparente) esse é o que limpa melhor as sapatilhas.
 
Foto - Química da Limpeza                                        Foto - Pão de Açúcar

- Para disfarçar manchas, utilize um pó ou uma base (aquelas que se passa no rosto) de uma cor semelhante á da sapatilha, e passe uma camada bem pequena, somente para disfarçar as imperfeições.
Dica: Sempre use uma base líquida ou cremosa, e passe uma pequena camada, bem pequena, só para disfarçar aquelas imperfeições bem feias.

- Raspe com um ralador ou uma ponta de uma tesoura a sola da sapatilha e a sua plataforma (a parte do box que te permite ficar na ponta) para evitar escorregões.
Dica: Só raspe o necessário, raspe um pouco e veja se está bom, se não estiver, raspe mais um pouco, e assim vai, é lógico que não tem como sair perfeito, mas isso ajuda, aconselho a usar a ponta de tesoura.
           
           Foto - O Blog do Ballet                                          Foto - Quilling Brasil

Passar talco também nas ponteiras, para tirar sua úmidade.
Dica: Após passar talco nas ponteiras, deixe-as descansar um pouco e somente depois use-as.
Foto - Que Barato

- Estudando em casa?!

quarta-feira, 6 de julho de 2011
Antes de mais nada, uma pequena divulgação do meu twitter, quem puder, por favor, sigam-me. @carolLemeP

Algumas pessoas tem dúvida de como estudar em casa, em primeiro lugar, vocês precisam de alguma barra ou apoio, mas nada de ficar pegando qualquer móvel aí não... escolha um que, quando você apoia o braço, ele não fique nem muito relaxado,  nem muito tenso, na medida certa, sempre o coloque na frente de seu corpo. Depois escolha alguma música para dançar, sugiro o site Música de Ballet. Coloque roupas confortáveis e suas sapatilhas. Nunca vá executando os passos sem auxílio de um professor, sugiro a vocês verem vídeos no youtube, aqui estão algumas dicas:

- ESSE CANAL DO YOUTUBE É ÓTIMO:  

- ALGUNS VÍDEOS DESSE CANAL:




Espero que tenham gostado, e sempre treinem em casa!

- As pequenas bailarinas...!

domingo, 3 de julho de 2011
Eu gosto de ver as pequenas bailarinas dançarem, elas não se preocupam com a perfeição do passo, com o equilíbrio, com a flexibilidade, elas se preocupam em dançar...!



E as maiores também!!

- Os Prós e Contras do Ballet Clássico


Saudades de postar aqui...! Agora eu voltei!!

Na minha opinião, o Ballet não pode ser uma ameaça a ninguém, todos podem dançar Ballet!! Apesar da grande rotação dos joelhos e dos pés (en dehors) poder prejudicar a saúde de alguém com ossos fracos, essa rotação também os fortalece. O Ballet Clássico deixa os músculos fortes, aumenta sua flexibilidade, resistência, em alguns casos a agilidade, não é a toa que falam que o Ballet Clássico é uma das danças mais difíceis que existem! Ele corrige a sua postura, te torna mais saudável, além de queimar calorias né? Só existe uma frase para expressar os prós e contras do Ballet Clássico:

O Ballet é TUDO de bom...!

- Desativada... Mas já volto...

domingo, 19 de junho de 2011

Como já deu para perceber ando um pouco muito desativada, mas logo tudo irá voltar...

- Sissone...!

sábado, 11 de junho de 2011
SISSONE : Passo em que as duas pernas saem do chão ao mesmo tempo, caindo sobre uma só, fechando a outra depois.
Fonte - Glossário

Adoro esse passo!... Eu sempre tento fazê-lo...


- Voltei! Meu PC voltou!

quinta-feira, 9 de junho de 2011

Saudades de postar, estava muito triste... Enfim meu PC voltou, a partir de amanhã voltarei com as postagens normalmente!

- Atraso nas postagens.

domingo, 29 de maio de 2011
Foto - Dança


Me desculpem o atraso nas postagens, meu computador queimou e eu não consigo mais postar... Logo, logo voltamos ao normal...

- Ai! Que dor!

sexta-feira, 20 de maio de 2011

Sabe aquela dor nos que você sente quando não está acostumada a fazer algum exercício físico? Bem, já tive essa dor... Mas eu continuei dançando, continuei porque dançar é uma das coisas que me faz feliz!

- Plié, estica, meia-ponta, ponta...

domingo, 15 de maio de 2011

Tem gente que cansa das sequências realizadas em aula... Eu não, eu decorei todas e, assim, é mais fácil para mim dançar... Se a sequência fosse variada, iria levar muito tempo para se desenvolver os passos todos certinhos... Isso sim cansa...
Copyright @ . | Floral Day theme designed by SimplyWP | Bloggerized by GirlyBlogger